fbpx

Jogo contra o Vasco é visto como divisor de águas no Fluminense

Foto: Lucas Merçon/FFC

Pior defesa do Campeonato Brasileiro, o Fluminense entra em campo mais uma vez pressionado por conta dos maus resultados. O adversário é Vasco, time que derrotou o tricolor nas duas oportunidades que se enfrentaram no campeonato carioca. Além de sair derrotado, o Fluminense de Fernando Diniz teve muita dificuldade para furar o bloqueio vascaíno e saiu zerado nos dois confrontos de 2019.

O duelo de amanhã é aquele famoso “jogo de seis pontos”. Quem perder pode entrar na zona de rebaixamento. O Fluminense não poderá contar com Allan e Ganso, suspensos. A expectativa gira em torno da estreia do meia Nenê, ex-Vasco. O jogador será titular e tem a difícil missão de comandar o meio campo tricolor, ajudando a municiar o ataque.

A defesa segue dando dores de cabeça no treinador com números preocupantes. São 17 gols sofridos em 10 jogos disputados. O desempenho gera questionamentos ao esquema de Fernando Diniz. Por conta disso, uma vitória contra o Vasco é vista como essencial para elevar a moral do elenco e comissão técnica, além de servir de motivação para o confronto da Sul-americana, contra o Peñarol, na próxima terça-feira.

Foto: Lucas Merçon/FFC

Com Nenê confirmado e Agenor praticamente garantido entre os titulares, a principal dúvida está entre os volantes Yuri e Bruno Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top