Diniz, sobre Ganso e Nenê: “Tenho muita convicção de que eles podem jogar juntos perfeitamente”

Mesmo que por poucos minutos, sábado, Paulo Henrique Ganso e Nenê jogaram juntos no Fluminense pela primeira vez. A questão é levantada desde que ambos eram apenas especulações nas Laranjeiras, no início do ano, e voltou a ser assunto depois da vitória por 2 a 1 sobre o Internacional.

– Para mim é muito claro que eles podem jogar juntos desde o começo. Estava tentando trazer o Nenê desde o começo do ano. Ganso já tinha chegado. Tenho muita convicção de que eles podem jogar juntos perfeitamente. Com a aquisição do Nenê e mais o Nem, o elenco fica mais robusto e fortalecido para o restante da temporada – disse o treinador.

Por enquanto, o meia de 38 anos é reserva. Nessa rodada, entrou no lugar de Marcos Paulo e se saiu bem. Chegou a finalizar perigosamente contra o gol de Marcelo Lomba. Sua estreia aconteceu na derrota para o Vasco, em 20 de julho, quando substituiu o próprio Ganso, suspenso.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *