fbpx

Muriel destaca entrosamento defensivo e elogia ambiente no Flu: “Já me sinto em casa”

Goleiro tricolor também comentou disputa de posição sadia com Agenor e projetou confronto com o Atlético-MG, pelo Brasileirão

Foto: Lucas Merçon / FFC

Nesta segunda-feira (5), o Fluminense se reapresentou no CTPA e começou a preparação para o duelo contra o Atlético-MG, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Antes do treinamento, Muriel concedeu entrevista coletiva e comentou sobre sua chegada ao clube. O titular da meta tricolor fez questão de elogiar o ambiente no Flu e mostrou-se bastante feliz em fazer parte do grupo.

“Em poucas semanas, já me sinto em casa, fui muito bem recebido por todos. Um lugar em que estou muito feliz, tanto eu quanto minha família, e esse grupo merece estar mais acima na tabela. Agora, estamos começando a colher bons resultados e tenho certeza que vai melhorar ainda mais”.

O goleiro também avaliou o entrosamento rápido que teve no sistema defensivo da equipe, tanto no aspecto de marcação quanto no de sair jogando com os pés e com a bola no chão, característica do time de Fernando Diniz.

“O entrosamento foi muito rápido. A gente está se entendendo muito bem ali atrás com Digão e Nino, e com os outros jogadores também, tanto para defender quanto para sair jogando, em relação a cruzamentos, bolas paradas, cada um tem a sua característica e a gente vai conversando e vendo o potencial e o ponto forte de cada um. Tenho certeza que vamos crescer ainda mais”.

Perguntado sobre o fato de ter que treinar bastante essa saída com os pés, Muriel destacou que Diniz dá todo o suporte e confiança para que ele execute com precisão o que é pedido.

“O Diniz me deixa bem à vontade, o que ele pede no jogo não é nada diferente do que passa nos treinos. Ele dá todas as ferramentas e condições para a gente executar no jogo, mas também diz para eu ter calma e responsabilidade, para tomar as decisões que tiver que tomar na hora. Mas no dia a dia, a gente vai entendendo a mecânica e vou me encaixar cada vez mais”.

Foto: Lucas Merçon / FFC

O arqueiro falou sobre a disputa de posição sadia com Agenor, seu amigo desde a época de Internacional, pela titularidade. De acordo com Muriel, essa ‘briga’ é importantíssima para que todos continuem trabalhando firme e dando seu máximo pelo Fluminense.

“O Agenor é um amigo há mais de 10 anos, jogamos juntos nas categorias de base e no profissional do Inter, mas a gente não foca nisso de que a posição tem um dono. A gente trabalha para todo mundo dar seu máximo, para que aquele que jogar, estar representando todos os outros, acho que esse é sentimento. Já passei por isso com meu irmão, tive que disputar a posição com ele, mas a gente está focado em trabalhar, em crescer e isso é bom para todos”.

Por fim, o goleiro de 32 anos projetou o jogo contra o Atlético-MG, no próximo sábado (10), às 21h (de Brasília). Na 16ª posição, uma acima da zona de rebaixamento, o Tricolor precisa vencer para embalar de vez no Brasileirão e não depender de outros resultados para não retornar ao Z4.

“Acho que temos que focar no ataque do Atlético, que é muito perigoso, tem excelentes jogadores, finalizam muito bem, tanto do ataque quanto do meio de campo. Também, tem uma boa bola parada, então, tem que estar atento a cada detalhe e não esperar do adversário. Temos que ter a iniciativa e fazer nosso trabalho, ficar ligado os 90 minutos para não sermos surpreendidos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top