fbpx

Digão reitera gratidão ao Fluminense e afirma: “Clube que tenho no coração”

Capitão do Tricolor carioca, zagueiro destacou que “não pensou duas vezes” quando recebeu a proposta para voltar quando ainda estava no Cruzeiro

Foto: Lucas Merçon / FFC

Criado nas categorias de base do Fluminense, Digão retornou de empréstimo junto ao Cruzeiro no ano passado e renovou por mais um ano para continuar no clube em 2019. Campeão brasileiro e carioca em 2012, o zagueiro não esconde a ligação que tem com o Tricolor. Muito pelo contrário. Sempre que possível, demonstra sua gratidão e deixa claro que o coração pesa quando se fala de Fluminense. Após a vitória sobre o Internacional na última rodada do Brasileirão, o defensor revelou que recebeu propostas de outras equipes quando ainda estava no Cruzeiro, mas optou por vestir a camisa verde, branca e grená mais uma vez.

“Clube que me identifico muito. A palavra que define o que sinto pelo Fluminense é gratidão. O que tenho hoje devo ao clube. Cheguei com 13 anos. Tinha outras propostas para sair do Cruzeiro. Quando surgiu o convite do Fluminense, eu não pensei duas vezes. É o clube que tenho no coração e vou levar para o resto da minha vida. É gratidão mesmo”.

Recuperado totalmente da lesão que o deixou de fora do time por alguns meses, Digão reassumiu a braçadeira de capitão e aos poucos vai retomando as boas atuações. O zagueiro é presença certa na dificílima partida contra o Atlético-MG, em Minas Gerais, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Cariocas e mineiros se enfrentam no próximo sábado, às 21h (de Brasília). Para aumentar a distância para a zona de rebaixamento, o Fluminense precisa conquistar um bom resultado diante do Galo, atual quarto colocado da competição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top