fbpx

Perto de renovar com o Flu, Daniel defende esquema de Diniz e promete: “Vamos conseguir mais vitórias”

Cria de Xerém, meia encaminhou extensão de contrato por mais dois anos com o clube e afirmou que o grupo está fechado com o treinador

Foto: Lucas Merçon / FFC

Vivendo o melhor momento da carreira, Daniel é o líder de assistências do Fluminense. Já foram oito ao longo do ano. Aos 23 anos, o meia, que antes acumulou empréstimos, parece enfim ter se firmado na equipe. Nesta quinta-feira (15), após o treino no CTPA visando a partida contra o CSA, pelo Campeonato Brasileiro, o jogador revelado em Xerém concedeu entrevista coletiva e revelou ter um acordo apalavrado com o clube para estender seu contrato por mais dois anos.

Com isso, seu vínculo, que termina no fim de 2019, vai ser renovado até 2021. De acordo com o atleta, sua vontade é de permanecer no Fluminense.

“As conversas estão boas, está encaminhada a renovação. Tenho vontade de permanecer no Fluminense. Espero que dê tudo certo para renovar esse contrato”.

Titular no meio-campo formado por Fernando Diniz, Daniel fez questão de defender o treinador, que vem sendo alvo de críticas por parte da torcida devido aos resultados ruins no Brasileirão, e disse ser normal a manifestação dos tricolores. O meia ainda aproveitou para afirmar que o estilo de jogo imposto é ‘prazeroso’ e que as vitórias virão.

“Dentro de campo, o nosso time joga bem. É um esquema que dá prazer aos jogadores. A gente tenta entrar para ganhar os jogos. Quando a gente ganha, o esquema é maravilhoso e todo mundo elogia. Quando não vem, todo mundo critica. Isso é normal. Não temos que pensar nisso. Temos que ter a cabeça tranquila para poder jogar”.

“É normal a torcida ter esse sentimento, porque a campanha não é tão boa. Mas os jogadores estão fechados com ele, gostamos da forma de jogar e do jeito dele de ser. Vamos conseguir mais vitórias, queremos ir bem na Sul-Americana. Queremos alcançar o que o time pode ser”.

Foto: Lucas Merçon / FFC

Perguntado sobre o duelo com o CSA, no próximo domingo (18), às 16h (de Brasília), no Maracanã, o jogador destacou a importância de conquistar os três pontos e tirar o Fluminense da parte de baixo da tabela.

“A gente precisa muito dessa vitória. Ganhando, não passa ninguém. Mas não podemos deixar quem está em cima distanciar ainda mais. Não é o nosso objetivo na tabela, o Fluminense não pode ficar na parte de baixo”.

Veja abaixo mais respostas de Daniel:

Reunião do elenco com Celso Barros

“Foi um encontro normal da diretoria. Está todo mundo no mesmo barco. Foi uma conversa boa. Nós precisamos melhorar e todo mundo sabe disso. Essas conversas são boas entre diretoria e comissão técnica. E tenho certeza que coisas boas vão começar a vir para gente”.

Melhorar a defesa

“É ter mais atenção dentro de campo. Já jogamos com três volantes e tomamos gols e jogamos com o Yuri na zaga e não tomamos gols. Não é uma questão dos jogadores, mas sim da nossa atenção para não tomar tantos gols”.

Nenê e Wellington Nem

“Já treinamos juntos. É sempre bom jogar com esses caras, que têm muita qualidade. Vão ajudar e eu vou ajudar também. O time que o Diniz entrar em campo vai desempenhar bem e espero que consiga trazer as vitórias para gente”.

Evolução da equipe

“Nosso time está definindo mais rápido as jogadas. Estamos chegando com mais gente na área. Isso tudo dificulta o adversário. Estamos criando mais coisas no time. Uma bola longa na saída, correria do Yony… Estamos treinando tudo isso para ser um time mais perfeito”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top