fbpx

Abelão recusa Fluminense, e Mário decide abrir negociação com Dorival Júnior

Abel Braga decidiu, em consenso com a família, não substituir Fernando Diniz, dispensado nessa segunda-feira, no comando do Fluminense. Mais uma vez por não se interessar em assumir equipes no meio do ano. Ele vem de trabalho à frente do Flamengo, encerrado no fim de maio. Entre dezembro de 2016 e junho de 2018, Abelão realizou sua última passagem pelas Laranjeiras.

Com a recusa do plano A, a diretoria busca começar em algumas horas a negociação com Dorival Júnior, 57 anos, nome que agrada ao presidente Mário Bittencourt. O próprio, inclusive, deve se encarregar da tratativa. Recém-demitido do Cruzeiro, Mano Menezes figura entre os especulados, mas com menos chances de ser procurado.

Segundo informado pelo Globoesporte.com, Diniz, o auxiliar técnico Márcio Araújo e o preparador físico Wagner Bertelli custavam, juntos, R$ 300 mil. As opções em pauta no momento requerem um investimento maior, apesar da dificuldade financeira.

Desempregado desde a saída do Flamengo, em dezembro passado, Dorival passou pelo Tricolor em 2013, ano em que o clube ficou à beira do rebaixamento para a segundona. Foram três triunfos em cinco jogos, além de um empate e uma derrota, já na reta final daquele Campeonato Brasileiro.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: UOL.

62 Replies to “Abelão recusa Fluminense, e Mário decide abrir negociação com Dorival Júnior”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top