fbpx

Última passagem de Oswaldo no Flu foi marcada por rusga com Celso Barros

Foto: Divulgação/FFC

Oswaldo de Oliveira foi anunciado como novo técnico do tricolor, nessa que será sua terceira passagem do treinador pelo clube.

Substituto de Fernando Diniz, que deixou o clube com uma certa insatisfação com o vice-geral, Celso Barros, Oswaldo, em sua última passagem pelo Flu, deixou o clube de forma bem bem semelhante com a que aconteceu com Diniz.

Na ocasião, em 2006, Oswaldo deixou claro que sua saída teria sido em decorrência de uma pressão feita por Celso Barros, que na época era presidente da Unimed, principal patrocinadora do clube na ocasião.

– Pelo que me foi passado, foi pressão do patrocinador. E posso avaliar isso porque meu critério de avaliação de escalação da equipe não passava por nenhum índice que não fosse técnico. Nunca fiz distinção entre jogador de patrocinador e de Xerém. Acho que isso não estava agradando e, por esse motivo, estou deixando o Fluminense – disse Oswaldo no momento de sua saída em 2006.

Fonte: Globoesporte.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top