fbpx

Votação das contas do último ano de Peter Siemsen podem ser reabertas

Foto: Carlos Moraes / Agência Estado

A polêmica gestão de Peter Siemsen ainda dá o que falar no Fluminense. À frente do clube ao longo de seis anos, Peter é apontado como um dos grandes responsáveis pela grave crive financeira em que passa o clube.

A fim de buscar explicações ainda em abertas, principalmente a respeito do último ano de mandato de Siemsen, o site NetFlu informou que um grupo de conselheiros exige do presidente do CDel, Fernando César Leite, uma nova votação das contas do ex presidente que ainda seguem em aberto.

Aprovada lá em 2016, muito em consideração do grande apoio do então grupo político apoiador da gestão, a FluSócio, pode ser revista ainda esse ano, uma vez que a responsabilidade automática pela votação referente a 2016 é da gestão subsequente. Sendo assim, a intenção dos atuais conselheiros é garantir a definição do assunto antes do final do mandato do triênio que compreende os anos 2017-2018-2019.

Caso chega a 30 assinatura dos conselheiros, o presidente do conselho, Fernando César Leite, deverá convocar a reunião, segundo normas do próprio estatuto.

Ainda de acordo com o site NetFlu, algumas assinaturas já foram recolhidas, mas ainda não chegaram a quantidade necessária de 30 nomes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top