fbpx

De volta ao Z-4, Fluminense é goleado pelo Goiás por 3 a 0

A primeira rodada do returno, devido ao triunfo do CSA sobre o Ceará, recolocou o Fluminense na zona de rebaixamento sem que ele entrasse em campo. O cenário ficou ainda mais complicado com a goleada para o Goiás, no Serra Dourada, por 3 a 0.

Pressionado, o Time de Guerreiros não sentiu o calor dos empolgados tricolores na arquibancada e começou mal o jogo desse domingo. Aos 11′, Digão e Frazan “bateram cabeça” e deixaram a bola para Kayke, que chutou para grande defesa de Muriel. Michael marcou na sobra.

Abatido pelo gol, o Tricolor encontrou no caminho o nervosismo. Como consequência, surgiram erros de quem menos se esperava, como Allan, e de quem já se imaginava, como Gilberto.

Só aos 40′ saiu a primeira finalização da equipe carioca, com João Pedro isolando a redondinha. Na saída para o intervalo, Nenê indicou como deveria ser a postura no segundo tempo. “Tem de mover a bola mais rápido. Se ficarmos estáticos, não vamos criar jogadas nem entrar na defesa deles”, disse.

O discurso de nada adiantou. Ainda era o Goiás quem mandava no duelo, que caiu de vez nas mãos esmeraldinas após o gol de cabeça de Rafael Vaz, aos 20′ da etapa decisiva.

Nem com um homem a mais a partir dos 35′, depois da expulsão de Breno, o Fluminense encontrou forças para reagir. De um lado, somente João Pedro e Allan protagonizaram suas jogadas de perigo.

Por outro lado, o adversário seguia dando trabalho a Muriel nas finalizações de Kayke, Michael e Breno. Até que chegou ao terceiro gol, com Yago encobrindo o goleiro, em contra-ataque que nasceu de erro de passe de Nenê. Nos minutos finais, ouviu-se gritos de “Olé” dos torcedores da casa.

Na 17ª colocação com 18 pontos, o clube das Laranjeiras enfrenta, na próxima rodada, o Santos, quinta-feira, na volta ao Maracanã após mais de vinte dias.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top