Nino prega foco em ‘decisão’ contra o Santos e pede apoio da torcida: “Juntos sairemos dessa”

Zagueiro volta ao time titular após cumprir suspensão na última rodada, onde o Tricolor acabou perdendo por 3 a 0 para o Goiás

Foto: Lucas Merçon / FFC

O Fluminense encerrou a preparação para o duelo contra o Santos, nesta quinta (26), às 20h (de Brasília), no Maracanã, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após o treinamento no CTPA, Nino concedeu entrevista coletiva e comentou sobre a situação complicada do Tricolor dentro da competição. Atualmente, a equipe ocupa a 17ª posição.

Após cumprir suspensão na derrota por 3 a 0 para o Goiás, o zagueiro tem retorno garantido ao time titular. Perguntado sobre o péssimo resultado na última rodada, Nino não negou o incômodo, mas afirmou que o foco agora está totalmente no Santos.

“Claro que a derrota incomoda. Fomos com intuito de vencer, infelizmente não aconteceu. Tem dias que é assim, que nada dá certo. Já viramos a chave. Não há tempo de se lamentar. Temos uma decisão amanhã. Nosso foco está neste jogo”.

O zagueiro também falou sobre o momento ruim que o setor defensivo tricolor vem vivendo. Com 32 gols sofridos, um a menos que a Chapecoense, o Fluminense tem a segunda defesa mais vazada do Brasileirão.

“Estamos trabalhando para melhorar. Ficamos alguns jogos recentemente sem sofrer gols. Conseguimos isso em jogos difíceis e isso mostra melhora. Mas precisamos fazer isso mais vezes. Estamos trabalhando para isso”.

Nino fez questão de destacar que a responsabilidade pela classificação do time na tabela é culpa de todos. Para ele, somente a união de todos pode fazer com que o clube saia dessa situação complicada dentro do campeonato.

“É difícil falar de quem é a culpa. A responsabilidade é de todos. Todos nós juntos vamos sair dessa. Se individualizar… Se a gente estivesse em situação boa, ninguém ia gostar de que o mérito fosse de um só”.

Foto: Lucas Merçon / FFC

O jogador de 22 anos, que tem contrato de empréstimo com o Fluminense até o fim da temporada, disse que no momento não ocupa sua cabeça com uma possível renovação, mas sim em voltar a conquistar vitórias e tirar o clube da zona de rebaixamento.

“Eu não estou pensando nisso. Eu sei que meu contrato acaba agora. Deixo para os meus agentes isso. Representamos um clube gigantesco, uma camisa pesada. Todos os nossos pensamentos 24h por dia é para sair dessa situação. A questão do contrato depois a gente pensa”.

Veja outras respostas de Nino na coletiva de imprensa:

Santos

“Santos é uma equipe muito qualificada, joga ofensivamente, mantém o padrão dentro e fora de casa, tem um técnico muito inteligente. Mas sabemos dos nossos pontos fortes e é nisso que estamos focados para conseguirmos um bom resultado”.

Jogar no Maracanã

“Muito importante nesse momento jogar na nossa casa, com o apoio do nosso torcedor. Tenho certeza que eles irão nos apoiar e juntos sairemos dessa”.

Mental dos jogadores

“Na situação em que nos encontramos a parte mental é muito importante e faz muita diferença. Nosso time tem muitos jogadores experientes, temos um treinador muito experiente. Eles têm passado a experiência deles e isso nos deixa mentalmente mais fortes. Na hora do jogo essas lideranças vão aparecer, para que possamos manter a parte mental para que isso nos ajude”.

Oscilação nas atuações

“Garanto que essa oscilação não é algo que queremos. Nos dedicamos nos treinamentos para buscar uma sequência de vitória e tenho certeza que daqui para frente vamos conseguir. O torcedor pode esperar um time que vai fazer tudo pela vitória”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *