fbpx

De volta ao time titular, Daniel reforça foco total em ‘ajudar o Fluminense’

Depois de amargar reserva sob o comando de Oswaldo de Oliveira, meia foi escolhido por Marcão e iniciou a partida contra o Grêmio

Foto: Mailson Santana / FFC

Uma das principais peças do esquema de Fernando Diniz, Daniel perdeu espaço após a chegada de Oswaldo de Oliveira e pouco entrou em campo desde então. Com a demissão do ex-treinador, isso mudou. Comandando a equipe de forma interina, Marcão promoveu o retorno do meia ao time titular na vitória por 2 a 1 sobre o Grêmio, no Maracanã.

Cria de Xerém, Daniel revelou após a partida como foi esse tempo em que teve de amargar a reserva tricolor. Em entrevista à Rádio Brasil, o jogador destacou que em nenhum momento ‘deixou de trabalhar’ e disse que soube ‘entender a cabeça do treinador’.

“Queria continuar jogando, todo mundo quer ser titular, mas eu entendi a cabeça do treinador naquele momento e respeitei. Não deixei de treinar forte em nenhum momento, nunca reclamei de estar no banco e hoje fico muito feliz de ter voltado ao time titular e ter saído com a vitória”.

Perguntado sobre o que esperar do futuro no comando técnico do Fluminense, Daniel afirmou que Marcão tem o apoio de todo o elenco, mas que caso outro treinador seja contratado, a equipe deve abraçá-lo e ‘comprar a ideia’ implementada pelo mesmo.

“Não sou eu que vou decidir, é o presidente e a diretoria que vão decidir. Se ficar o Marcão todo mundo vai ficar muito feliz porque é um cara que se dá muito bem com todo mundo, já está há muito tempo no Fluminense… Mas se chegar outro treinador a gente vai ter que abraçar e comprar a causa porque o Fluminense é maior que qualquer treinador ou jogador que chegar no clube. Temos que deixar o time em uma situação boa”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top