Marcão defende esquema ofensivo do Fluminense: “Traz uma dificuldade para o adversário”

Foto: Twitter Fluminense

O Fluminense venceu o Botafogo e conseguiu engatar duas vitórias seguidas pela primeira vez nessa edição do Campeonato Brasileiro. Um dos destaques desses dois jogos com Marcão no comando é justamente a luta por manter a posse de bola e atacar com muita troca de passes. Pode-se dizer que a convivência com Fernando Diniz fez com que Marcão entendesse seus conceitos e tem condições de corrigir os erros de seu sistema. O Fluminense foi melhor que o Botafogo mesmo jogando na casa do adversário, chegou a ter 70% de posse de bola e criou chances claras para golear. Novamente pecou nas finalizações e saiu com um 1×0 do Engenhão.

Efetivado com treinador do Fluminense, Marcão aparenta ter boa relação com o elenco e mostra interesse em atuar de uma forma que favoreça as características dos principais jogadores: o toque de bola. Em entrevista coletiva após o jogo, o técnico defendeu o esquema e disse que gosta de ver o time jogar assim.

Marcão: A equipe do Fluminense já tinha um DNA, jogava assim há sete ou oito meses. É uma forma do Fernando, de posse de bola e transições importantes. A forma que eles estão jogando foi após uma conversa com o grupo sincera e transparente. Gosto da maneira que o Fluminense joga. Traz uma dificuldade para o adversário. Vamos manter dessa forma, uma equipe corajosa. Não temos que ter medo de jogar.

Com duas vitórias em dois jogos, o Flu de Marcão começa a preparação para a “decisão” contra o Cruzeiro, na próxima quarta-feira, às 21h30, no Mineirão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *