fbpx

Gilberto concorda com anulação de gol de Fred por falta na origem da jogada: “Me impediu de seguir”

Fred chegou a balançar a rede para o Cruzeiro no Mineirão, mas o juiz do jogo, após revisar o lance, anulou o gol marcado aos 9 minutos do segundo tempo. Isso porque, na origem da jogada, Robinho deixou o pé no rosto de Gilberto. O duelo dessa quarta-feira, válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, acabou ficando no 0 a 0.

— Expliquei até para o Robinho. Não sou de simular falta. Eu já tinha roubado a bola dele. Quando eu ia levantar para seguir a jogada, ele bateu, talvez sem intenção, com o pé no meu rosto e me impediu. E acabou acontecendo a jogada de gol. Sendo falta ou não, acabou me impedindo de seguir na jogada. Se é um lance para o VAR interferir, na minha opinião, interferiu da maneira correta — disse o lateral-direito.

O VAR precisou entrar em ação mais duas vezes, na primeira etapa. Foi cancelada a expulsão de Yuri por falta em Jádson e aplicado ao volante o cartão amarelo, que o tira da próxima rodada, sábado, contra o Bahia, no Maracanã. Além disso, sobrou um amarelo para Fred por empurrão em Paulo Henrique Ganso. Perguntado sobre o uso da tecnologia, Marcão disse concordar, mas quer que decisões sejam mais rápidas.

— Perde um pouco de timing. O jogo estava quente, corrido. Temos acompanhado em alguns países a decisão com um pouco de mais rapidez. Melhorar essa questão do tempo para não esfriar o espetáculo é importante. O VAR é justo. Tem que ter justiça. Eu apoio. Mas é possível encurtar esse tempo.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top