“Cenário Tricolor, presente e futuro” Alexandre Vilella

Amigos Tricolores.

Vou passar aqui como eu vejo nosso momento atual, e o que temos que fazer de imediato para mudar esse cenário devastador que estamos vivendo.

Estamos vindo de gestões tenebrosas que destroçaram o Fluminense, quando tivemos um alento na época que fomos patrocinados pela Unimed, e vencemos 2007 copa do Brasil e os Brasileiros de 2010 e 2012, nesse momento as gestões não fizeram nada, não prepararam nada, pra quando a Unimed saísse do clube nós estivéssemos preparados para andar com as nossas próprias pernas.

Hoje estamos colhendo os frutos de toda incapacidade e incompetência que aqui se instalou.

Sendo breve, o Fluminense hoje tem duas ações obrigatórias a serem feitas, para que possamos ter um futuro.

Primeira : Revitalizar as Laranjeiras , nosso estádio nossa casa, nosso alçapão para 15 mil torcedores talvez um pouco mais, todo o clube novo, gerando assim receitas fundamentais para nós.

Com esse feito, de cara alcançamos imediatamente 50 mil sócios, hoje só temos 15 mil sócios futebol e 6 mil sócios do clube, nesse estádio teremos nosso museu, nossa loja grande e imponente virada para a Pinheiro Machado, restaurantes, Camarotes, enfim teremos nossa casa de volta.

Local esse que será aproveitado como uma arena para shows, eventos, num lugar que fica de um lado o Corcovado, do outro o Pão de Açúcar.

As Laranjeiras é o local aonde nasceu a seleção brasileira, por tanto será um ponto turístico obrigatório para todos.

Detalhe, tudo isso a custo zero, para isso acontecer basta que o presidente Mário Bittencourt assine permitindo que isso vá em frente, passando essa responsabilidade de se concluir o projeto para os que estão nele envolvidos.

Não consigo imaginar alguém ser contra isso, muitos falam em construir estádio, esqueçam isso, o clube não tem dinheiro nem pra pagar os funcionários mês a mês, vive atrasado, a chance de termos terreno em outro lugar e dinheiro para fazer alguma obra é ZERO, e as Laranjeiras só depende de se autorizar pra começar a tocar o projeto, que já está pronto e já foi apresentado.

E logicamente iremos jogar no Maracanã quando entendermos necessário lá jogar, de forma a não nos dar prejuízo.

E a outra coisa fundamental, é termos 100 mil sócios, 35,00 por mês sócio futebol, uma receita de 3.5 milhões mês , para nosso futebol, além de Tv, alguns patrocínios e outras receitas.

Para podermos fazer um futebol competitivo, hoje com nosso futebol de 3 milhões de reais, nós não temos chances de vencer nada, a não ser uma possibilidade de com um time razoável disputar com chances a Sul Americana que é uma competição menos pesada , tanto é que vcs vejam a final da Sul Americana de 2019, Colon Santa Fe x Independente del Valle do equador.

Se essas duas ações não forem efetivadas nós vamos vagar, sem chance a nada, todo ano lutando pra não cair, sem sócios, o clube em ruínas , sem receitas suficientes para termos dignidade.

Não conseguimos sequer um patrocínio master de 6 milhões , 7 ou 8, mesmo valendo mais, agora se estamos ajustados com o que falei acima aí todos querem vir como patrocinadores e parceiros, com Pires na mão, como nós vivemos a décadas não conseguiremos nada ZERO, só conseguimos pagar contas pegando empréstimos cada vez com juros mais altos, dando jogadores como garantia, sempre fazendo antecipações perdendo muito dinheiro.

Uma hora a banca quebra, e aí ficaremos órfãos.

Gostaria que vcs refletissem, vamos abraçar o Fluminense sendo sócios, 35,00 por mês (INDEPENDENTE DE TIMAÇO , DE PRESIDENTE A OU B ), e além de descontos e prioridades, compra de ingressos, todos poderão votar para presidente estando como sócios a 24 meses interruptos.

Não é hora de só querer participar se só tivermos times fortes pois sem nossa ajuda e participação não teremos time forte, esqueçam, o Fluminense nesse momento sozinho não vai conseguir nada que possa reverter esse quadro.

Agora se compramos essa ideia temos chance.

Vamos fazer os movimentos :

#Laranjeirasjá

#Fluminense100milsócios

Lógico que outras situações precisam ser feitas também, e precisamos de uma gestão profissional, qualificada e capacitada, mas no momento temos que começar a colocar a mão na massa, e acreditar que os que lá estão irão resgatar nosso Fluminense de volta, se não iremos apagar aos poucos.

Se você Torcedor Tricolor concorda com a minha explanação, compartilhe a todos.

Alexandre Vilella

One Reply to ““Cenário Tricolor, presente e futuro” Alexandre Vilella”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *