fbpx

Caio Henrique diz entender protestos da torcida e prega foco total no Ceará: “Temos que ir lá e ganhar”

Lateral-esquerdo tricolor também comentou sobre o baque sentido pela equipe após levar o gol da Chapecoense

Foto: Lucas Merçon / FFC

Convocado novamente para a seleção olímpica, Caio Henrique criou jogadas, correu bastante, mas não conseguiu ajudar o Fluminense a sair do Maracanã com a vitória. Após desperdiçar muitas chances, o Tricolor empatou 1 a 1 com a Chapecoense e viu sua situação no Campeonato Brasileiro ficar mais complicada ainda.

Após o tropeço dentro de casa, o lateral-esquerdo da equipe carioca comentou sobre o ‘apagão’ após o adversário abrir o placar ainda no primeiro tempo. De acordo com ele, o Fluminense não pode continuar com a mesma atitude de quando sai atrás no placar.

“A gente está se abatendo bastante. Quando sofremos gols, a gente se abate. Isso não pode acontecer. Hoje faltou um pouco mais de força para conseguir o gol da virada”, disse.

O camisa 19 tricolor também analisou as vaias da torcida, que protestaram bastante, principalmente na parte final do jogo. Caio Henrique afirmou que as reclamações são totalmente entendíveis, mas que é preciso mudar o foco e ir com tudo para vencer o Ceará fora de casa, na próxima quarta (30).

“Com certeza (a torcida tem razão em vaiar). Desde a virada do turno, a gente já vem amargando a região perto da zona de rebaixamento. Não estamos conseguindo o resultado em casa, ainda mais contra adversários diretos. Agora temos outra pedreira contra o Ceará. Temos que ir lá e ganhar deles”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top