Flu promete custos detalhados do Esportes Olímpicos

Mário Bittencourt estima que estudo interno levará até quatro meses para analisar receitas e despesas do departamento. Apesar de balanço indicar prejuízo, dirigente tem dúvidas.


O conselheiro Marcelo Souto tenta levar o tema para análise do Conselho Deliberativo. Na semana passada, enviou requerimento aos seus pares. O prejuízo causado pelos esportes fora o futebol – o vôlei feminino e os aquáticos são os de maior destaque – devem determinar a suspensão das atividades.

“Todos estamos cientes do grave momento financeiro. O Fluminense precisa se readaptar à nova realidade e, com isso, discutir seu modelo de clube. É necessário aumentar receitas e cortar desperdícios” – contou Marcelo Souto ao Globo Esporte.


Para emplacar o debate, Marcelo Souto necessita reunir 30 assinaturas para convocar uma reunião extraordinária. Ou convencer o presidente do Conselho Deliberativo, Fernando Leite, e levar a pauta adiante. Esta análise deve ser feita nesta semana.


Com a iniciativa, o conselheiro espera encerrar ao menos temporariamente áreas do clube que dão prejuízo e, na visão dele, atrapalham o futebol. O que envolve não só outros esportes, mas o departamento social do Flu.


Em meio ao debate, a direção tricolor realiza um estudo interno de identificação de receitas e despesas de todos os setores do clube. Foi uma promessa de campanha de Mário separar os centros de custo entre social, Esportes Olímpicos e futebol. O presidente estimou, em coletiva na última sexta-feira, que este trabalho levará mais quatro meses.


“Nunca houve o direcionamento, por exemplo, das contas de consumo. Tem departamento que usa a água e não paga, quem paga é outro departamento. Estamos identificando isso. Acredito que mais três ou quatro meses teremos o trabalho pronto. Vamos chamar as pessoas e dizer: “está constatado o que você fatura não condiz com a receita. Como vamos fazer? Ou encontra ferramentas para aumentar a receita ou vamos dar prazo para se adequarem ou vamos ter de tomar decisões “- detalhou o mandatário.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *