Carta aberta ao Presidente

O grupo Sou tricolor envia carta ao Presidente

Sr Presidente Mário Bittencourt,

O grupo Sou Tricolor( Tudo Pelo Fluminense e Nada do Fluminense), desde sua criação, se colocou como um ativo do Fluminense, sendo, portanto, mais do que mera reunião de torcedores.
Acompanhamos a vida política do Clube pelo fato dela, obviamente, influenciar os resultados esportivos. E apoiamos sua candidatura por entendermos ser ela a melhor opção para o Fluminense.
Agora, diante da rápida transformação do cenário esportivo, onde ou os Clubes profissionalizam suas gestões ou estarão condenados a se apequenarem, a virarem coadjuvantes, tomamos a liberdade de sugerir algumas ações que consideramos prioritárias para conseguirmos aumentar nossas receitas.
A busca de patrocinadores ou parceiros, por exemplo, deve estar baseada em dados que mostrem ao interessado o que o Fluminense pode agregar à sua marca. Para isso, precisamos de pesquisas qualitativas que identifiquem como somos percebidos, quais os atributos a que a marca Fluminense remete. De posse dessas informações, poderemos negociar com mais segurança, em uma relação de mais igualdade, além de podermos focar melhor na busca por parceiros.
Ainda na área de pesquisa, é fundamental uma quantitativa que mostre não só o tamanho da torcida do Fluminense, como sua divisão por faixa etária, gênero, classe social. E , a partir daí , identificar hábitos de consumo. Esses dados são vitais para um Programa de Sócio Torcedor eficiente como gerador de receitas em todos esses estratos, além de possibilitar a fidelização de marcas parceiras, com benefícios desenhados para cada perfil.
Todas essas iniciativas são indispensáveis e urgentes. As próprias empresas buscam o esporte como alavancador de mercado e imagem.
Para exemplificar, recente notícia publicado na Coluna do Ancelmo Gois, dá conta de que o Fundo de Investimento Qatar Sports, dono do PSG, acompanha com interesse o Projeto de transformação dos Clubes em empresas e que estuda a possibilidade de investimento aqui.
Quem for mais profissional e rápido terá vantagens. Aos outros, restará, como já dito, um papel cada vez menor. As cartas estão na mesa.

Pedimos que sejam apresentadas as ideias que estão sendo ou que serão implementadas, concretamente, pela pasta do Marketing, para efetivar o que foi acima exposto. Estamos à disposição para, caso haja interesse do clube, apresentar, pessoalmente, ideias de concretização das ideias delineadas.

Atenciosamente,

Sou Tricolor

Tudo Pelo Fluminense e Nada do Fluminense

Alex Campos
Presidente

Marcelo Daemon
Fundador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *