fbpx

Substituto de Caio Henrique, Orinho garante foco total em tirar Flu do Z4: “Grupo está fechado”

Lateral-esquerdo tricolor lamentou a lesão do goleiro Muriel e desconversou sobre polêmicas internas do clube

Foto: Lucas Merçon / FFC

Contratado para suprir a ausência de opções no setor esquerdo do Fluminense, Orinho terá mais uma grande oportunidade no próximo sábado (16), quando o Tricolor carioca encara o Atlético-MG, no Maracança, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a convocação de Caio Henrique para a seleção olímpica, o lateral será titular na partida.

Nesta quarta-feira, o jogador de 24 anos foi o escolhido para conceder entrevista coletiva no CT Carlos Castilho. Na conversa com a imprensa, Orinho lamentou bastante a lesão de Muriel, que não atua mais em 2019, mas fez questão de rasgar elogios aos possíveis substitutos do goleiro.

“Sabemos que o Muriel é um grande goleiro. Todos ficamos tristes pelo fato de ele ter se machucado. Lamentamos, mas não podemos deixar isso nos abater. Contamos com grandes goleiros e temos confiança nos dois”.

“O Agenor é experiente, passou por grandes clubes. O Marcos Felipe também já pegou seleção de base. Prova que são dois grandes goleiros. Fica a critério do treinador. A gente fica feliz por eles estarem ganhando oportunidade, mas triste pelo Muriel. No final, quem entrar vai dar conta do recado”.

O lateral-esquerdo também aproveitou para enaltecer Caio Henrique, seu companheiro de posição, que será desfalque por estar com a seleção sub-23, que se prepara para as Olimpíadas de Tóquio. Para ele, as características de ambos são parecidas.

“O Caio Henrique é um grande jogador, todos sabem disso. Temos características parecidas. Tive uma sequência de dois jogos e saímos com vitória. O meu comportamento vai ser o mesmo. Primeiro, defender. Depois, penso em atacar. O importante é não tomar gols e sair com a vitória”.

Orinho em treino no CT (Foto: Lucas Merçon / FFC)

Por fim, quando perguntado sobre a situação do vice-presidente Celso Barros dentro do clube, Orinho preferiu desconversar e focar na luta dos atletas para tirar o Fluminense do Z4 do Brasileirão. Vale destacar que Celso não esteve presente na reapresentação do elenco.

“Todos nós sabemos disso, mas prefiro não comentar isso. Fica no extracampo, para a diretoria resolver. Nós, jogadores, focamos em tirar o Fluminense da zona de rebaixamento”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top