fbpx

Agenor e Marcos Felipe concorrem pela vaga de Muriel, machucado

Um dos dois terá a responsabilidade de assumir a condição de titular do Fluminense na reta final do Brasileirão. Confira a trajetória e a situação contratual dos dois arqueiros.

Com a fratura que tirou o goleiro titular da temporada, um destes dois goleiros terá a missão de defender o Fluminense na luta contra o rebaixamento nas seis rodadas restantes do Brasileirão 2019. O próximo desafio é sábado, 16, contra o Atlético-MG, pela 33ª rodada.

A responsabilidade é grande, afinal, com Muriel, o aproveitamento do Flu no campeonato é 12% maior (39% contra 27%). Caberá ao técnico Marcão fazer a escolha no decorrer desta semana. Reserva imediato, Agenor, que já foi titular da equipe no ano, é o favorito à vaga.

AGENOR

O gaúcho de 29 anos foi contratado pelo Fluminense no começo desta temporada. Tem vínculo até o fim de dezembro e até o momento não foi procurado pelo clube para renovação.

Sua estreia foi logo em um Fla-Flu, válido pela Taça Rio, onde o então técnico Fernando Diniz escalou um time misto. A atuação segura diminuiu a desconfiança de parte da torcida.

MARCOS FELIPE

Formado no Fluminense e com passagens por seleções de base, o capixaba de 23 anos não foi a campo nenhuma vez em 2019. Dos 63 jogos do Flu na temporada, foi relacionado em 16.

Sua última partida foi no Torneio da Flórida, em janeiro de 2018, quando esteve em campo na derrota por 3 a 1 para o Barcelona do Equador. Mesmo não sendo utilizado nas últimas temporadas, recentemente renovou com o Tricolor até julho de 2022. Seu vínculo anterior terminava no fim deste ano.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top