Alexandre Gama revela sonho antigo de treinar o Flu

Mais de uma vez, o argentino Jorge Sampaoli, do Santos e português  Jorge Jesus, do Flamengo, têm sido alvos de críticas dos colegas de trabalho. Fora do país, os treinadores brasileiros não passam imunes à situações semelhantes. Na Ásia desde 2014, Alexandre Gama comanda o Muangthong United, da Tailândia e tem uma carreira vitoriosa no continente. O caminho até conquistar o respeito em terras estrangeiras não foi fácil. Gama precisou superar a desconfiança dos locais e mostrar serviço. 

O Brasil, quando o assunto é o nome do treinador Alexandre Gama, a primeira lembrança dos torcedores é a polêmica com Romário. Em 2004, quando assumiu interinamente o Fluminense, Gama barrou o ídolo e foi alvo de alfinetada do hoje senador. 

– Ele acabou de sentar no ônibus e já quer ir na janela? – disparou o Baixinho, na época.

O início de carreira de Alexandre Gama foi no Tricolor, primeiro como comandante do Sub-20 e alguns jogos no comando do time profissional como interino. Passou por Inter de Limeira, Macaé, Volta Redonda, Madureira e Duque de Caxias, antes de se aventurar fora do país em 2014. Passou pela Coréia do Sul e Qatar, até chegar à Tailândia.

De longe, acompanha o Fluminense no Campeonato Brasileiro e torce para uma recuperação que evite o rebaixamento para a Série B. Gama também revela uma mágoa por nunca ter tido oportunidade de fazer o nome como técnico no clube, mas revela um sonho antigo de comandar o clube das Laranjeiras. 

– Fico magoado porque quem está no Fluminense ou já passou por lá viu meu trabalho e sabe do que sou capaz. Fui bem quando passei no profissional. Se fosse hoje, um momento que os treinadores jovens viram solução, eu teria feito o meu nome. Naquela época não era assim. Me sinto preparado, mas um pouco desvalorizado por tudo que já conquistei e não é reconhecido. No Brasil, não se procura por trabalho, mas nome para agradar a torcida e patrocinadores. Tenho ainda o sonho de trabalhar no Fluminense, foi onde tudo começou. A minha vontade é voltar e mostrar toda a minha evolução e acredito que tenho grandes chances de dar certo – revelou Gama. 

Fonte: lance 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *