fbpx

Mário em visita à CBF, relata: “Bola não bateu na mão do jogador do Inter”

O presidente do Flu, Mário Bittencourt, reconheceu que o time não foi prejudicado na derrota por 2 a 1 para o Internacional, em Porto Alegre, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após visita à CBF e consulta aos vídeos do VAR, o dirigente saiu convencido de que não houve o erro de arbitragem reclamado pelos tricolores.

Naquele dia, entrei no vestiário com a certeza absoluta de que a gente tinha sido prejudicado. Mandei um whatsapp na hora para o presidente da comissão da arbitragem dizendo que queria ver – disse, para completar:

– O presidente da comissão de arbitragem abriu a maior televisão que tem lá, botou o vídeo e o áudio do VAR. Eu vi tudo. Por todas as câmeras. Eu não sou leviano. Quando erra, erra. Eu vou lá e digo que errou. Mas a bola não bateu na mão do jogador do Inter Saí convencido de que vi todas as imagens, até as que a TV não mostra. Tanto que o Sálvio (comentarista de arbitragem do Grupo Globo) mudou de opinião. Sou correto. Se tivesse batido, manteria a posição de que a gente foi prejudicado. Na quele caso, a gente não foi prejudicado.

Fonte: globo esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top