fbpx

Em jogo equilibrado, Fluminense perde para o Osasco no tie-break

Próximo adversário do Tricolor será o São Caetano, sábado, na casa do adversário


Em um jogo muito equilibrado, o Fluminense acabou superado pelo Osasco/Audax no tie-break, parciais de 21/25, 25/22, 22/25, 25/19 e 15/11, na noite desta quarta-feira (11/12), no Hebraica, Rio de Janeiro, pela quarta rodada da Superliga Feminina de Vôlei. O próximo desafio do time na competição será contra o São Cristovão Saúde São Caetano, no sábado (14/12), às 17h, na casa do adversário.

“Tivemos oportunidades quando estivemos na frente e precisávamos ser mais agressivas, principalmente no tie break. No finalzinho faltou agressividade e também tranquilidade ao nosso time. Sabíamos da força de Osasco. Agora vamos buscar melhorar o que não funcionou hoje para os próximos jogos, que tenho certeza que serão melhores”, disse Paula Borgo.

O Fluminense surpreendeu o Osasco no início do primeiro set e logo fez 4 a 0, obrigando o técnico adversário a pedir o primeiro tempo técnico do jogo. As paulistas conseguiram equilibrar a partida e o trio formado por Paula Borgo, Thais e Leticia entrou em ação para manter o Tricolor em vantagem. No fim da parcial, com um bloqueio de Natasha e um ataque para fora do Osasco, o time venceu por 25 a 21.

Thais abriu o placar no segundo set, mas as adversárias marcaram seis pontos na sequência. Com a ponteira bem no ataque, o Flu se manteve próximo no marcador apesar da desvantagem. Na segunda metade da parcial, com a levantadora Rose e a ponteira Neneca em quadra, a equipe chegou a ficar a um ponto do empate. O Osasco, porém, venceu por 25 a 22.

No terceiro set foi a vez de Paula Borgo colocar o Tricolor em vantagem. A oposta deu trabalho à defesa paulista e manteve o time na frente durante toda a parcial. E foi numa bola diagonal de Paula que o Fluminense fechou o set em 25 a 22.

Após um início de quarto set equilibrado, o Osasco abriu cinco pontos em relação ao Fluminense (12 a 7). A oposta Pamela e a ponteira Julia, vencedora do troféu VivaVôlei na vitória contra o Valinhos, entraram para tentar a virada. O time ensaiou uma reação com dois bloqueios da central Leticia, mas o adversário levou a parcial por 25 a 19.

No tie-break, o Osasco largou na frente e conseguiu manter a vantagem até o fim, fechando o set decisivo em 15 a 11.

O Fluminense começou o jogo com: Giovana, Paula, Leticia, Natasha, Thais, Mari Cassemiro e Andressa Krachefski.
Entraram: Larissa, Neneca, Rose e Pamela.

Texto: Comunicação/FFC
Foto: Mailson Santana/FFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top