Fluminense compra Nino e aguarda assinatura de contrato de três anos: “Falta acerto salarial”

Para garantir Nino no ano que vem, o Fluminense montou negociação que, além do Criciúma, envolveu o Corinthians, em dívida com o clube carioca. A operação levou à compra de 70% do passe do zagueiro por R$ 5 milhões, dos quais a maior parte será paga pelos alvinegros. O contrato de três anos depende somente de acordo salarial para ser assinado.

— Estamos muito bem encaminhados com o Nino. Havia uma opção de compra por 50% dos direitos. Consegui comprar um percentual maior pelo mesmo valor. A gente negociou, o Criciúma foi cordial e sensato, e já triangulamos uma negociação. Corinthians pagará um pedaço direto ao Criciúma. O contrato da opção de compra deve ser assinado hoje, falta só o acerto salarial com ele. A não ser que tenha uma grande reviravolta, o Nino tem 95% de jogador do Fluminense pelos próximos três anos — explicou o presidente Mário Bittencourt.

Nino chegou às Laranjeiras emprestado pela equipe catarinense, no fim de fevereiro. Fez 50 jogos e um gol e entrou na lista de nomes observados por André Jardine, comandante da seleção olímpica. O jovem de 22 anos, avaliado com potencial de venda, sonha com a disputa das Olimpíadas de Tóquio, em 2020.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Fonte: UOL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *