Campeão da Primeira Liga pelo Fluminense, Levir Culpi comunica aposentadoria

Aos 66 anos, Levir Culpi, que quer se dedicar à família e à saúde, decidiu pela aposentadoria. Nas mais de três décadas de carreira, o agora ex-técnico trabalhou em diversos clubes, inclusive o Fluminense, em 2016. Foi pelo Time de Guerreiros, inclusive, que ele comemorou um título pela última vez: a conquista da Primeira Liga.

— A situação está definida. Eu encerrei a minha carreira. Agora chega, vou cuidar dos meus netinhos. Eu ainda não me comuniquei publicamente, mas é a primeira vez (que fala em se aposentar). Mas vou cuidar dos meus netinhos. Chega. Esses dias fiquei pensando, olhei para a minha idade, tenho 66 anos. Está ótimo. Chega! – disse Culpi, que completou:

— Não estou mais com meu olho brilhando, assim, como eu tinha até esse ano. Esse ano eu resolvi. Agora vou passear, aproveitar um pouco mais.

— Não estou curtindo ainda, estou indeciso (o que fazer). Eu durmo muito e penso pouco. Não sei o que fazer exatamente. Tenho feito atividade física, mas tenho que cuidar muito. A arritmia está por perto. Então, estou num período reticente. Decidindo o que fazer.

Levir treinou o Tricolor em 52 jogos (22 vitórias, 15 empates e 15 derrotas), entre março e novembro de 2016. Entretanto, o episódio mais marcante de sua passagem pelas Laranjeiras envolveu o centroavante Fred, hoje no Cruzeiro.

Treinador e jogador passaram a não falar a mesma língua, e o ídolo chegou a dizer que não jogava mais com o comandante. Depois de um tempo, eles fizeram as pazes e afirmaram que a saída do camisa 9 para o Atlético-MG, em junho, nada teve a ver com o relacionamento de ambos.

Saudações Tricolores,
Nicholas Rodrigues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *