fbpx

Em entrevista, goleiro Marcos Felipe comenta que pensou em desistir da carreira

Faltavam apenas seis rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro e o goleiro Muriel fraturou a mão esquerda. O Fluminense estava correndo o risco de ir para a zona de rebaixamento e a torcida ficou receosa de quem entraria no lugar do goleiro que ganhou a confiança do torcedor tricolor.

Logo, foi a chance que o goleiro Marcos Felipe aguardava. O goleiro de 23 anos, que é cria de Xerém, estava como terceira opção no banco, atrás de Agenor. O técnico Marcão optou pelo atleta e ele deu conta na reta final da temporada.

Todo atleta trabalha para conquistar o seu espaço, seus objetivos, mas nem sempre as coisas saem do jeito que queremos. Por muitas vezes cheguei em casa pensando em parar de jogar futebol, mas com a ajuda de Deus e da minha esposa, não teria conseguido vencer, foram muitos momentos de oração juntos. Mas tudo isso valeu a pena – revelou.

Marcos Felipe falou também sobre como teve a vida transformada depois da fama repentina: “Com certeza minha vida mudou bastante, muitos da torcida do Fluminense nem me conheciam, mas isso é normal. Fico muito feliz por ter podido ajudar o clube e por trazer alegria para o torcedor tricolor” concluiu o jogador.

O goleiro que tem contrato até 2022, vem mostrando um bom trabalho e diz que com a recuperação de Muriel, a briga pela posição será sadia, “só quem tem a ganhar com isso é o Fluminense.” Nas últimas seis partidas, Marcos Felipe sofreu três gols, em três empates e três vitórias. Nas categorias de base o goleiro soma inúmeras convocações para a Seleção Brasileira.

Fonte: Lance!

Foto Reprodução: Lucas Merçon/FFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top