fbpx

Mário admite interesse em Emerson Santos, mas repensa possível contratação para zaga

A lesão de Frazan, que só deve se recuperar em, no mínimo, seis meses, colocou o zagueiro Emerson Santos, do Palmeiras, entre os alvos do Fluminense para 2020. Depois de sondar o Alviverde, o Tricolor resolveu dar um passo atrás nas conversas, em razão da condição financeira.

Terça-feira, durante a apresentação dos reforços Egídio e Yago, o presidente Mário Bittencourt explicou que diretoria e comissão técnica discutem uma solução caseira para o problema na zaga.

– Assim que o Frazan se lesionou, nossa ideia imediata foi trazer um zagueiro. Emerson Santos é um nome que a gente gosta, que interessa, sim. O Paulo mantém conversas diretas com o Anderson Barros, que está no Palmeiras. Mas, em uma segunda conversa nossa, começamos a avaliar essa situação, porque temos um menino da base, volante, o André, que, quando voltar das férias da Copinha, será integrado ao sub-23 e, possivelmente, será utilizado no profissional, porque é um jogador que tem uma maturidade boa. E sabemos que o Yuri joga de zagueiro – disse, concluindo:

– Então está tendo uma conversa entre a comissão técnica e o diretor executivo para saber se haverá mesmo essa necessidade de buscar mais uma peça, até porque não temos dinheiro para esbanjar. Por isso teria que ser bem cirúrgica essa possível contratação de um zagueiro.

Emerson Santos e o técnico Odair Hellmann, hoje nas Laranjeiras, se conhecem do período em que trabalharam juntos no Internacional, de meados de 2018 ao fim de 2019. O jogador é revelação do Botafogo.

Publicado por: Nicholas Rodrigues.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top