fbpx

Egídio não desfalca o Fluminense na Copa do Brasil

Lateral foi expulso na última rodada do Brasileiro de 2019, por lance de segundo cartão amarelo, no jogo contra o Grêmio

O lateral Egídio foi absolvido em julgamento que aconteceu nesta quarta-feira no STJD, por expulsão enquanto atuava pelo Cruzeiro no Campeonato Brasileiro . Com essa decisão, fica apto para atuar na estréia do Fluminense no dia 12 de fevereiro pela Copa do Brasil, contra Moto Club no Maranhão.

O atleta foi enquadrado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), o lateral respondeu por conduta contra à disciplina que prevê suspensão de uma a seis partidas, mas foi absolvido por unanimidade.

Em sua defesa o Advogado Tricolor exibiu prova de vídeo e argumentando que não houve “infração disciplinar” no lance:

– O árbitro tem a possibilidade de expulsar o atleta, mas quando mostra o segundo amarelo significa que aquela jogada não teve gravidade. Nos últimos minutos o Egídio tomou um chapéu desconcertante e fez a falta. Não houve infração disciplinar no lance. A defesa pede a absolvição do atleta por se tratar de uma falta normal de jogo.

Fonte GloboEsporte.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top