fbpx

Empresa que construiu o CT cobra dívida milionária do Flu; Clube corre risco de penhora

O Fluminense está sendo processado pela empresa que construiu o seu novo Centro de Treinamento na Barra da Tijuca, a Lafem Engenharia. As informações são do site Revista Época e do portal Netflu.

A dívida chega a R$ 256 mil com a empresa e o clube tem até três dias para pagar a quantia após ser citado por um oficial de justiça.
Esse processo corre na 3ª Vara Cível do Rio de Janeiro. Caso não efetue, poderá sofrer penhora de bens. Vale ressaltar que o presidente Mário Bittencourt, em 2019, conseguiu se livrar de várias penhoras, liberando algumas quantias que estavam presas pela receita e que melhoraram um pouco a saúde financeira do clube.

A empresa e o tricolor haviam firmado, em 2018, um Termos de Confissão de Dívida. Nessa época, o clube devia cerca de R$ 260 mil e acertou o parcelamento dessa dívida em 12 prestações de 22 mil reais. No entanto, apenas cinco parcelas foram pagas e desde setembro de 2018 para a empresa, que agora tenta recuperar as despesas com a construção do CT Carlos Castilho.

Saudações Tricolores,

João Eduardo Gurgel

2 Replies to “Empresa que construiu o CT cobra dívida milionária do Flu; Clube corre risco de penhora”

Deixe uma resposta para alleldjew Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top