Fluminense é absolvido no TJD/RJ por maioria. saiba tudo!

O Fluminense foi julgado hoje às 17h, pela Segunda Comissão Disciplinar do Tribunal de justiça Desportiva do Rio de Janeiro. O Relator admitiu que os gritos não são discriminatórias, e sim ofensivos de mau gosto, todavia, reforça ser um posicionamento da torcida, e nao do Clube. Por todo exposto, o Relator votou pela condenação do Fluminense em pena de multa em 25 mil sobre ofensas e impedimento da torcida em um jogo, e multa de 2 mil reais por atraso no retorno do intervalo, os demais integrantes não concordaram com o relator e opinaram pela pena de advertência pelos gritos e 2 mil por atraso. E pela absolvição do auxiliar Técnico. . A decisão da maioria da Comissão Disciplinar, ficou assim ” o Fluminense foi absolvido do art. 243 CBJD e é apenas advertido” e multado em 2 mil reais por atraso. Logo. Não perderá pontos.

 O clube foi denunciado pela Procuradoria e enquadrado em dois artigos: pelo teor discriminatório das palavras – 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) – e por descumprir o Regulamento Geral das Competições, Código Disciplinar da Fifa e Estatuto do Torcedor.

Além de ser julgado pelos gritos de “time assassino”, o Fluminense precisou defender o auxiliar técnico Maurício Dulac pela expulsão no clássico. Ele foi enquadrado no artigo 258 II do CBJD, por “assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva: desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões”.

Sobre o autor