Com boa atuação no Fla-Flu, Pacheco acirra briga pela titularidade

Após estar perdendo por 3 a 0, o Fluminense conseguiu se recuperar na partida. A equipe buscou dois gols em 25 minutos e teve chances de empatar o duelo.
Fernando Pacheco entrou bem e mudou o cenário do jogo. Após o terceiro gol do Flamengo, Odair promoveu a entrada do atacante aos 11 minutos do segundo tempo, no lugar de Wellington, que até então era o melhor jogador do Fluminense. Foi improvisado na ponta direita, para jogar nas costas de Filipe Luís. E deu certo. Forte e rápido, o atacante deu velocidade à equipe e foi uma válvula de escape com suas arrancadas.

Pacheco deu a assistência para o gol do Evanilson, chegou a fazer um gol, mas em posição irregular, foi anulado. Além de ter sofrido pênalti, porém, o VAR marcou impedimento na origem do lance.

Após a partida o peruano analisou a partida, lamentou a derrota e projetou o duelo contra o Unión La Calera, na próxima terça-feira (18), pelo jogo de volta da Sul-americana.

– No segundo tempo tentamos nos encontramos da melhor maneira, mais sólidos, tranquilos, fazendo gols… É uma pena que não conseguimos empatar. Mas assim é o futebol, temos que pensar no que está por vir, como a Copa Sul-Americana –
lamentou o atacante.

Foto: Lucas Merçon / Fluminense F.C.

Sobre o autor