fbpx

O início de Fernando Pacheco com a camisa Tricolor

Aos 20 anos, Fernando Pacheco é tratado como uma grande promessa do futebol Peruano – o atacante defendeu seu país no Pré-Olímpico deste ano. O jogador está em fase de adaptação no futebol brasileiro e ao estilo de jogo do Fluminense, proposto pelo técnico Odair Hellmann.

Pacheco fez seu primeiro gol pelo Fluminense, na sua oitava partida – maioria entrando no decorrer das partidas – como foi o caso no último domingo (15), quando substituiu Marcos Paulo. Fernando Pacheco poderia ter balançado as redes bem antes do confronto contra o Vasco, na sua segunda partida pelo Tricolor, o atacante marcou diante do Flamengo, só que estava em posição de impedimento, mas no mesmo clássico contribuiu com assistência para o gol de Evanilson.

O atacante foi titular em apenas dois jogos. No primeiro, foi contra o Moto Club, no Maranhão, pela Copa do Brasil, e foi substituído no intervalo pelo Marcos Paulo. Já contra o Resende o peruano começou na vaga de Evanilson, que estava sendo poupado, nesse jogo, o atacante se destacou e deu passe para o gol de Wellington Silva, na goleada de 4 a 0.

O técnico Odair Hellmann explicou a fase de adaptação do jogador.

– O Pacheco é mais vertical. A gente está trabalhando com ele, que está passando por fase de adaptação, como passa também o Michel Araújo. No país dele, jogava de uma forma, pela Seleção, ele esperava a bola longa na ponta e puxava o contra-ataque. Aqui ele precisa participar de um jogo de posse, de troca de passe. Com o adversário recuado, ele vai ter que trabalhar a bola, construir.

Nenê que é o mais experiente do grupo, vibrou com o gol de Fernando Pacheco e avaliou a adaptação do jogador.

– A adaptação dele está sendo muito boa. É um cara bem tranquilo. Tanto ele, quanto o Michel Araújo. A gente procura dar maior liberdade para eles estarem integrados o máximo possível. Então fico feliz, é um cara trabalhador, treina bem e a gente sabe que precisa de todo mundo. Quem entra também faz a diferença e isso aconteceu. Fico feliz pelo primeiro gol dele, ainda mais em um clássico importante.

O Peruano foi contratado em janeiro deste ano, custou 700 mil dólares (na época R$ 2,8 milhões) por 50% dos direitos econômicos do jogador. O restante fica com o Sporting Cristal, clube pelo qual o atacante foi revelado e defendeu desde 2016.

Fonte: Lance!

Foto Reprodução: Lucas Merçon/FFC

64 Replies to “O início de Fernando Pacheco com a camisa Tricolor”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top