fbpx

Flu doa cestas básicas para funcionários do CT Carlos Castilho

Para ajudar no pagamento de funcionários que receberão menos por conta da pandemia do novo coronavírus, diretores, gerentes e prestadores de serviço do Flu aceitaram a redução salarial de 15%. Além disso, a comissão técnica juntou-se a fim de doar cestas básicas para empregados humildes, do CT Carlos Castilho (que está fechado desde o dia 16 de Março).

Essa ação não é pontual, isso porque já se repetiu em outros momentos de dificuldade financeira do clube.

Atualmente, o Fluminense ainda não conseguiu pagar os salários de fevereiro e os funcionários PJ ainda não receberam 20% do mês de janeiro. Assim, alguns estão tendo que contar com a solidariedade para seguir vivendo normalmente mesmo com o coronavírus.

Com o Campeonato Carioca suspenso até o fim de abril, na última sexta-feira o Fluminense prorrogou a paralisação de todas as atividades do clube por tempo indeterminado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top