Devido ao Covid-19, clubes terão isenção da taxa de registro de atletas

Com a pandemia instalada em nosso país, o futebol brasileiro passará por mudanças no calendário. Além disso, a CBF decidiu isentar os clubes das taxas de registro de contratos e transferências de jogadores.

É estimado que os clubes economizem mais de R$ 1,3 milhão mensais. A medida não tem prazo de validade.

A determinação inclui isenção de valores relativos à registro de contratos definitivos, de contratos de empréstimo, de renovação, prorrogação ou rescisão contratual, além das transferências de atletas.

Sobre o autor