fbpx

Flu aguarda novo calendário para definir futuro de dupla formada em Xerém

Os volantes Caio Vinicius, que estava emprestado ao Atlético-GO, e Zé Ricardo, cedido ao Boavista, já tinham retorno marcado ao Tricolor – após o término dos estaduais – e seriam utilizados no time sub-23, que atualmente vem sendo comandado pelo técnico Marcão.
Porém, em meio as incertezas sobre o retorno do futebol, a diretoria do Flu, não sabe como será o calendário voltado para o sub-23 – que tem como objetivo fazer com que alguns jovens jogadores se mantenham em atividade, podendo servir tanto como vitrine, como também para transição dos atletas que passam das categorias inferiores para o profissional – Uma das possibilidades, assim que retornar as atividades futebolísticas, é cede-los a outros clubes, também por empréstimo.

Os dois foram promovidos aos profissionais no ano passado, sob o comando de Fernando Diniz. No caso de Zé Ricardo, o jovem não conseguiu se firmar no elenco e atuou em apenas duas partidas, contra Volta Redonda e Portuguesa, pelo Campeonato Carioca.
Já Caio atuou em três partidas, contra Atlético Nacional-COL, e Corinthians, pela Sul-Americana, e Avaí, pelo Brasileiro. Contra a equipe catarinense o volante foi alvo de fortes críticas da torcida, após cometer o pênalti que determinou a derrota por 1 a 0.

Caso sejam reintegrados, ambos terão forte concorrência no setor, assim como em 2019, que tinha: Allan, Bruno Silva, Airton e Dodi. Este ano, para a posição de volante, Odair Helmann conta com: Henrique, Hudson, Yago e Dodi.

Fonte: UOL
Foto: Lucas Merçon / Fluminense F.C.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top