Em nota, Flu reforça que só irá retomar as atividades com o aval das autoridades governamentais e de saúde

Após se recusar a assinar a carta emitida pela Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro), nesta sexta-feira (08), o Fluminense emitiu um comunicado oficial, em seu site, reafirmando seu posicionamento de só retornar as atividades com aval dos órgãos governamentais e de saúde.

Confira a nota oficial na íntegra:

O Fluminense Football Club vem a público esclarecer os motivos que o levaram a não assinar a carta emitida pela FERJ nesta sexta-feira. O clube acredita que não é o momento do futebol brasileiro dar qualquer sinalização de retorno do esporte quando o país inteiro, particularmente o Rio de Janeiro, está com extrema dificuldade de fazer a população cumprir o isolamento social necessário para reduzir o número de contaminações e mortes por conta do Covid-19, e cidades inteiras começam a anunciar medidas ainda mais severas, como o lockdown.

O Fluminense reforça que a sua posição, desde o início da pandemia, é de só retornar aos treinos presenciais quando os órgãos governamentais e de saúde derem o aval para o retorno em segurança de todos os funcionários envolvidos nestas atividades.


Foto: Divulgação FFC

Sobre o autor