Governo do Rio planeja volta do futebol com torcida, já durante primeira fase de flexibilização

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, incluiu em seu pacto social pela saúde e pela economia do estado o retorno de eventos esportivos, como o futebol, com público de até 50% da capacidade dos estádios.

Apesar de se basear em três bandeiras de flexibilização a partir de dados da curva de contágio da covid-19 e não ter uma data limite, o plano tem gatilhos de flexibilização, e, já na primeira fase prevê o retorno do público aos estádios, desde que seja respeitado o distanciamento social de dois metros na “bandeira amarela”, que depende da taxa de ocupação dos leitos de UTI chegar entre 70% e 90% (está atualmente em 86%) e a curva de crescimento de novos casos cair na média semanal.

O pacto que foi feito pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais (Sedeeri) em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde, inclui a aplicação de testes em todos os profissionais envolvidos, além da aferição de temperatura dos torcedores e profissionais de imprensa, além da desinfecção total dos estádios e materiais esportivos.

Foto em destaque: Lucas Merçon/FFC

Fonte: UOL Esportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *