fbpx

Especialista faz alerta sobre dívidas judiciais do Flu: “situação bastante complexa”

As dívidas com ações judiciais cíveis e trabalhistas vêm sendo, há anos, uma enorme dor de cabeça para o Fluminense. Segundo balanço financeiro de 2019, publicado no final de abril deste ano, o montante estimado desse passivo é de mais de R$240 milhões. Em entrevista ao Jornal ‘Lance!’, o especialista em marketing e gestão esportiva, Amir Somoggi, alertou o Tricolor e outros clubes brasileiros que precisam estar atentos ao que chamou de “bola de neve” para evitar mais problemas no futuro. 

– O Fluminense tem um passivo trabalhista gigantesco, assim como outros clubes como Vasco, Botafogo, Cruzeiro, Atlético-MG, Santos ou Corinthians. Esses números assustam. Há um acordo para o Ato Trabalhista de R$39 milhões, outras dívidas trabalhistas na ordem de R$133 milhões e ainda dívidas cíveis de R$68 milhões. Quando você tem um clube nessa situação, o único caminho é reservar um valor para estar em dia com isso. É uma bola de neve, esses valores são atualizados monetariamente e o clube sempre “sangra”  por conta disso. É uma situação bastante complexa. Os clubes brasileiros sempre foram muito mal administrados e o Fluminense é um dos que paga um preço elevado por isso – analisou Somoggi. 

Fonte: Lance!
Foto: Divulgação Globoesporte.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top