fbpx

“Não queremos expor nossos funcionários e atletas a um risco de contágio grande “- declara Mário Bittencourt sobre retorno do futebol no RJ

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, condenou duramente a reunião realizada neste domingo, 24, entre Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) e os presidentes do Flamengo e Vasco, Rodolfo Landim e Alexandre Campello, respectivamente, para discutir o retorno do futebol no Rio de Janeiro.

De acordo com Bittencourt, a ida de Landim e Campello até Brasília se deu através de um movimento individual dos dirigentes, aonde o Fluminense não sabia e, segundo ele, se soubesse não concordaria. “Queria aproveitar para responder e dizer que na verdade não queremos expor nossos funcionários e atletas a um risco de contágio grande e eu também não quero me misturar a esse tipo de atitude que considero sem nenhum propósito. Um desrespeito. Temos várias pessoas que perderam as vidas para a COVID-19. Óbvio que quando voltar o futebol nós vamos continuar convivendo com o vírus até que tenha uma vacina”, declarou o presidente ao canal SportTV.

O dirigente também criticou possíveis mudanças no regulamento do campeonato carioca. “Esse edital fala de vários itens prevendo o retorno do campeonato e tenta alterar regras da competição, o que o Fluminense entende que é impossível de acontecer não só pela vedação do estatuto do torcedor, mas também pela falta de unanimidade, porque Fluminense e Botafogo não estão de acordo”, alertou

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado, neste domingo, 24, o Rio de Janeiro já registrou 37.912 casos de Covid-19, com 3.993 mortes confirmadas.

Fonte: uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top