fbpx

Mesmo com impacto da pandemia, Fluminense já conversa com empresa, mas mantém postura na busca pelo patrocínio master

A pandemia causada pelo novo Coronavírus (Covid-19) impactou diretamente os clubes de futebol, que além de perder receitas como as de bilheteria pela paralização dos jogos por exemplo, tiveram que renegociar os vencimentos dos atletas para arcar com as folhas.

No Fluminense não foi diferente é, soma-se ainda o fato do clube não contar com um patrocínio master, que certamente aliviaria os cofres do clube na hora de fechar a folha.

No entanto, mesmo com o corte de gastos de algumas empresas devido o impacto da pandemia, o site NetFlu divulgou que a diretoria Tricolor mantém conversas com uma marca para anunciar no uniforme do Fluzão. Contudo, além de não revelar o nome da marca, o site ainda informou que o clube não pretende baixar a pedida, que segundo entendimento do presidente Mário Bittencourt teria de ser no mínimo de R$9 milhões anuais ou algo proporcional a esse valor.

O site informa ainda que a empresa é que teria procurado o clube – marca que já conversou com a diretoria em outras oportunidades, no entanto, no primeiro momento, o valor seria abaixo do esperado.

Ainda de acordo com a informação, o papel que o clube vem adotando durante toda a pandemia além do fato de ter jogadores como Nenê, Ganso e muito possivelmente, Fred, foram pontos cruciais para o interesse da empresa em ter seu nome estampado no informe Tricolor, que caso chegue a um acordo, já passaria a valer assim que a bola voltasse a rolar ao pós pandemia.

Foto: Divulgação/FFC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top