Dupla francesa monitora jóia do Flu

Um dos grandes destaques do Fluminense desde o ano passado, quando foi promovido ao grupo profissional, o meia Marcos Paulo dificilmente permanecerá nas Laranjeiras para a sequência da temporada. O jogador que tem inclusive a cidadania portuguesa é tido como “bola da vez” no clube, que vê na venda do atleta um gás nos cofres tricolores.

Com isso, o interesse de clubes europeus na janela que já é rotineiro no Brasil, principalmente nessa época de ano que inicia a temporada europeia deve intensificar em cima do jogador.

De acordo com o site Globoesporte.com, Lyon e Olympique de Marseille, já enviaram representantes para acompanhar o jogador mesmo durante esse período sem jogos no país por conta da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

Ainda de acordo com o site, representantes de ambos os clubes já teriam entrado em contato com o estafe da joia de Xerém para analisar valor e salário, a fim de oferecerem uma futura proposta ao jogador que possui uma multa rescisória de € 45 milhões (cerca de R$ 250 milhões).

Vale destacar que no início da temporada, o Fluminense já recusou uma proposta em torno de € 7 milhões (R$ 33 milhões na cotação da época) do CSKA, da Rússia pelo jogador.

Foto em destaque: Divulgação/FFC

Sobre o autor