Narrador volta a criticar os episódios envolvendo a volta do Carioca “mais um tiro no pé de um produto combalido”

A retomada do Campeonato Carioca na última quinta-feira além dos fatores externos a realização da partida Flamengo e Bangu, que marcaram o reinício da competição, incomodou narrador Luis Roberto.

Durante o programa “Redação SporTV, nesta segunda-feira (22), o locutor voltou a criticar a forma como vem sendo conduzida a volta do Estadual no Rio, em meio a pandemia.

– Como produto, foi mais um tiro no pé de um produto combalido. Ou a Federação… Não adianta, não vai cuidar nunca mais deste produto. Este produto não será cuidado porque é endêmico no Rio de Janeiro. É inacreditável a falta de bom senso, de entendimento. É um capítulo terrível – , completou o narrador

Luis Roberto comentou também sobre a MP (Medida Provisória) editada pelo presidente Jair Bolsonaro, na última quinta-feira, de Fla e Bangu entrarem em campo. O documento altera as leis de direito de transmissão de partidas de futebol, dando aos clubes mandante autonomia para negociar suas partidas.

– A questão do Campeonato é um dos episódios mais tristes da história do Carioca, que tem episódios terríveis. (…) É inacreditável o que aconteceu. A forçação de barra que foi quinta-feira para o Flamengo, que é, digamos, o líder da Medida Provisória que muda os direitos de transmissão, jogar no dia do anúncio… Gente, é de um amadorismo, de uma falta de inteligência – concluiu.

Contrário a volta o Fluminense afirma que só retornar a campo em julho. Segundo o presidente do clube, Mário Bittencourt, mesmo voltando, o time jogará sob protesto e por consideração aos clubes de menor investimento, que querem receber a última parcela da TV Globo.

Fonte: UOL
Foto: Reprodução SporTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *