Guerra entre Globo e Flamengo pode suspender cota do Carioca

A guerra entre Globo e Flamengo iniciada logo no começo do ano quando o clube da Gávea e a emissora não chegaram a um acordo para transmissão do clube no Campeonato Carioca, vem aumentando desde então.

Em meio a paralização da competição por conta da pandemia a diretoria rubro-negra se articulou e conseguiu uma grande arma: a MP assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, que dá direito ao mandante da partida negociar a venda da transmissão do jogo, sendo assim, os jogos do Flamengo que não vinham sendo televisionados ao longo de todo Campeonato Carioca, poderia ser negociado com qualquer emissora ou streaming.

A Globo, detentora até então dos direitos da competição ameaça romper os contratos e parar de pagar os clubes do Campeonato Carioca e a Ferj caso o Flamengo consiga transmitir seus jogos como mandante. A emissora que tem contrato com 15 clubes mais a federação até 2024 com valor anual de cerca de R$95 milhões já entregou inclusive com uma ação contra o Flamengo para impedir o clube de transmitir suas partidas como mandante.

Vale destacar no entanto, que a emissora pagou somente parte do valor referente a 2020, interrompido por conta da paralisação do coronavírus.

Sobre o autor