“O Herege” opinião Rodrigo Amaral


Queridos irmãos Tricolores, Laranjeiras e nossa igreja e toda a torcida do Fluminense nossa comunidade, ovelhas seguidoras de um pastor que direciona e doutrina nossa almas com os dogmas da Fidalguia e da paz, tendo o livre arbítrio como um fator libertador do mundo de gado, vivido e tocado dentro dos currais da ignorância. Sabemos que em nossos quadros sociais, eu disse sociais e não anti sociais, nem todos enxergam o nosso escudo como sendo o ápice, o crucifixo que representa algo maior, mas dentro de nossa igreja todos que comungam ali de tudo que é oferecido deve um ato mínimo, o respeito. Dentro desse pensamento como poderia eu manter a calma por ver um “ser” pouco evoluído e sem muita cultura proferir palavras que nos humilham, tais como: “Sou sócio do seu clube e é um prazer urinar na piscina”, mantendo um sorriso sarcástico, irônico e desafiador, ora irmãos, olhei no fundo de seus olhos, elevei o pensamento a Nelson Rodrigues e respondi, com chamas nos olhos de um bom ariano que sou, que escutar tal frase não poderia vir de alguém que não fosse um filho, adepto de nosferato, que cultuam as cores preto e vermelho, e assim como no apocalipse o desafiaria, a luta do bem contra o mal, mas nós tricolores, nobres amigos, somos ungidos com o pó de arroz, o branco da paz, da Fidalguia, sendo assim disse a esse senhor,o qual não merece o respeito de ninguém, que externaria meu desconforto aqui, o qual me implorou para não prosseguir com tal pensamento, afinal seu filho era tricolor e jogava nas categorias de base e poderia ser prejudicado, meus amigos, não sou um justiceiro, nem tão pouco um omisso, alem de dar-lhe uma lição sobre etica, respeito e historia do futebol, o fiz entender o tamanho da blasfêmia que ele havia cometido, tanto que o mesmo levantou-se e saiu de nossa mesa, obviamente “a francesa”, pois educação não é o seu forte, por isso conclamo a nossa inquisição, para que possamos decidir o futuro desse Herege, quem não respeita merece respeito?
O fla-FLU começou 40 minutos antes do nada é quarta-feira tem mais um!
Por esse relato conclamo a todos, Sejam Sócios, #épeloFlu

One Reply to ““O Herege” opinião Rodrigo Amaral”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *