fbpx

Fluminense tem outra prova de fogo quarta-feira contra o Palmeiras. Leia análise do treinador

O Fluminense terá uma “prova de fogo” contra o Palmeiras no Maracanã, na próxima rodada. O time vai ter novamente o fator casa para tentar aprimorar o mesmo esquema de atuação contra o Flamengo do primeiro jogo do estadual. Conseguir o desempenho igual daquele jogo, irá melhorar a confiança em relação à parte tática para a sequência do ano. O Técnico foi questionado sobre a falta/dificuldade de criação do time, e respondeu:

Odair- ” Eu vou concordar em partes. Acho que contra o Botafogo criamos poucas finalizações perigosas, que fizessem o goleiro trabalhar. Nós tivemos até um bom número de finalização para a posse que teve, foram 600 e tantos passes. Por esse volume realmente precisa ser mais efetivo e finalizar com mais força, estamos trabalhando esse aspecto. Hoje o enfrentamento foi diferente. Conseguimos criar oportunidades que aumentam chance de gol. As situações foram iguais nesse sentido. Criamos situações perigosas até a mais que o Grêmio. Mas a efetividade nessas finalizações fez diferença.” Falou ainda , da falta de atenção.

“– Mesmo que a jogada do gol não tenha sido de construção. Ele tentou fazer o pivô, caiu, a bola subiu, o Alisson dominou de cabeça, tentou ajeitar, a bola bateu no pé de alguém e acabou sobrando. Não foi situação tanto de construção, mas de atenção. São gols que não pode tomar para não deixar passar a oportunidade de ir para o intervalo igual. Criamos com a posse que tivemos. É continuar fazendo esses trabalhos individuais, de finalização, de confrontos, táticos também, de composição, parte coletiva, e conseguir continuar criando para transformar essa posse em finalizações perigosas.”

Foto Lucas Merçon Flickr Fluminense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top