Estagnado! Flu tem o segundo pior ataque, dentre os clubes da Serie A, desde a retomada do futebol

Em levantamento feito, levando em consideração apenas as partidas oficiais no período pós-quarentena, mostra um contraste preocupante, se comparado aos números até parada, por conta da pandemia, onde a equipe tinha o segundo melhor ataque.

Até as competições serem interrompidas no Brasil, o Fluminense de Odair Helmann, havia conquistado resultados convivente, mesmo que o desempenho em campo àquela época já fosse motivos de críticas. O time fez 32 gols em 15 jogos disputados. Tendo uma média de 2,13 gols por partida. Naquele momento a equipe tinha o segundo ataque mais positivo, entre os clubes da Serie A, perdendo apenas para o rival, Flamengo.

Porém, desde a volta do futebol, em julho, o Tricolor não conseguiu repetir o mesmo retrospecto conquistado anteriormente e viu seu ataque ficar estagnado. Até aqui, nas oito partidas oficiais que disputou, a equipe empatou quatro vezes, perdeu outras quatro e não venceu nenhuma.

E os números se tornam ainda mais preocupantes, quando nota-se que, desde que a bola voltou a rolar, o time marcou apenas três vezes. O que dá uma média de 0,3 gols por partida. Que corresponde há 9% dos gols marcados no período pré-pandemia.

Neste domingo (16), Odair terá mais uma oportunidade de virar a chave, diante do Internacional, no Maracanã, às 18h, pela 3° rodada do Brasileiro. Treinador e time buscam a primeira vitória na competição e, mais que isso, o primeiro triunfo em jogos oficiais, desde a retomada do futebol.

Confira o ranking de melhor ataque entre as equipes da Serie A, após a parada

1° Athletico-PR – 18 pró | 4 contra – em 8 jogos (2,2)
2° Ceará – 18 pró | 7 contra – em 10 jogos (1,8)
3° Bahia – 17 pró | 8 contra – em 12 jogos (1,4)
4° Atlético-MG – 14 pró | 4 contra – em 6 jogos (2,3)
5° Sport – 14 pró | 7 contra – em 8 jogos (1,7)
6° Flamengo – 11 pró | 6 contra – em 8 jogos (1,3)
6° Fortaleza – 11 pró | 6 contra – em 8 jogos (1,3)
8° Internacional – 10 pró | 3 contra – em 7 jogos (1,4)
9° Grêmio – 10 pró | 5 contra – em 7 jogos (1,4)
10° Corinthians – 9 pró | 4 contra – em 7 jogos (1,2)
11° RB Bragantino – 9 pró | 7 contra – em 7 jogos (1,2)
12° Coritiba – 9 pró | 8 contra – em 8 jogos (1,1)
13° São Paulo – 8 pró | 7 contra – em 4 jogos (2,0)
14° Botafogo – 7 pró | 3 contra – em 4 jogos (1,7)
15° Palmeiras – 7 pró | 4 contra – em 7 jogos (1,0)
16° Vasco – 6 pró | 1 contra – em 3 jogos (2,0)
17° Santos – 5 pró | 10 contra – em 5 jogos (1,0)
18° Atlético-GO – 3 pró | 0 contra – em 1 jogo (3,0)
19° Fluminense – 3 pró | 9 contra – em 8 jogos (0,3)
20° Goias – 1 pró | 2 contra – em 1 jogo (1,0)

*Posição |Time | Gols Pró | Gols Contra | N° Jogos oficiais | Média de Gols/Partida

Foto: Lucas Merçon – FFC








Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *