fbpx

Para avançar na Copa do Brasil, Flu terá de quebrar outro jejum

Com o resultado negativo na partida de ida (1×0), o Tricolor, para se classificar sem a necessidade de pênaltis, terá que vencer por dois gols de diferença, o que não acontece desde dia 15 de março, quando bateu o Vasco por 2 a 0.

Nesta terça-feira (24) o Fluminense terá pela frente sua ‘partida do ano’, diante do Figueirense, no Maracanã, às 21h30, em duelo válido pela terceira fase da Copa do Brasil. E para avançar na competição sem susto, isso é: sem precisar decidir a vaga nos pênaltis, o time de Odair terá que buscar algo inédito, desde que a bola voltou a rolar no país, que é vencer por dois gols de diferença. A ultima vez que isso aconteceu foi a mais de cinco meses, ainda pela Taça Guanabara.

Outro ponto a ser destacado é que, o Fluminense disputou 13 partidas, sendo 11 oficiais e dois amistosos, e apenas em uma oportunidade o time conseguiu fazer dois gols dentro dos 90 minutos, que foi na vitória sobre o Internacional, por 2 a 1, pela 3° rodada do Brasileiro.

Mesmo com dificuldades para criar jogadas perigosas, o Tricolor chega para esta ‘decisão’ confiante após uma vitória fora de casa, e além disso, com uma atuação convivente, onde a equipe conseguiu marcar três vezes, mas apenas um foi validado.

Foto Mailson Santana/Fluminense FC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top