“Os Danilos Barcelos que assolam o futebol brasileiro” – Opinião Thiago Caruso

“Os Danilos Barcelos que assolam o futebol brasileiro”

Nada contra o ser humano mas aqui nos cabe avaliar o jogador Danilo Barcelos. Um lateral esquerdo medíocre, que com 29 anos está indo para seu décimo segundo time na carreira.
Um lateral esquerdo cuja lembrança mais forte , foi o gol de falta que deu um título de uma taça Guanabara contra o mesmo Fluminense , no jogo onde o ex presidente Pedro Abad pediu a torcida para não ir ao Maracanã e abriram os portões no segundo tempo para os vascaínos.
Todo mundo sabe quem é Danilo Barcelos, segundo reserva do Botafogo , atrás até do possante Guilherme Santos, que foi um lateral esquerdo trazido por Mário Bittencourt em 2015 e que pediu para sair com 4 meses porque seria titular do Criciuma. Foi reserva do ORINHO na Ponte Preta.
Não deixou saudades no Vasco e no Botafogo seus últimos dois clubes até vir para o Flu. Mas porque seria útil no Flu ?

O futebol sempre nos apresenta surpresas. O Danilo Barcelos pode surpreender ? Pode mas isso é muito improvável. O que nos chama a atenção foi a paixonite do Odair Hellmann adquiriu por este jogador após dois amistosos contra o Botafogo e um jogo contra o rival pelo campeonato Brasileiro. Indicou ele ao diretor executivo Paulo Angioni, atravessou uma negociação com o Cruzeiro , dizendo que é um lateral diferente dos que tem no elenco.

Nos chama a atenção também a calma com que o presidente Mário Bittencourt falou hoje a imprensa e como o tricolor venceu essa disputa ferrenha contra o Cruzeiro que agoniza na Série B. Mario , com toda calma do mundo, falou que o Fluminense igualou as condições do Cruzeiro e mesmo assim, Danilo Barcelos achava mais interessante voltar a Minas Gerais já que seu pai é cruzeirense. Danilo pediu algo mais e o Fluminense aumentou o tempo de contrato para até o final de 2022 e assim venceu o Cruzeiro por está disputa. Dito isso vamos as nossas considerações.

1.Tá achando que o torcedor é trouxa, Mário Bittencourt? (para não dizer palavras mais pesadas). Não tinha um lateral na série B ? Nem no futebol sul americano? Os laterais do Volta Redonda, líder do seu grupo na Série C, por exemplo são melhores que os nossos, sem nenhuma dúvida. Tinha que ser o lateral do Eduardo Uram?

  1. Enquanto o senhor foi vice de futebol em 2015/16 , já havia sido questionado por essa relação infrutífera, porque a mantém?
  2. Um dos seus pilares na eleição foi falar em compliance. Que modelo de compliance é esse que permite contratar jogador de empresário que demanda contra o Fluminense ?
  3. A venda de Evanilson vai representar o fim da ação que a Brasil Soccer (de Eduardo Uram) tem contra o Flu no valor de R$3 milhões?

São vindas de jogadores como Danilo Barcelos que nos faz entender porque os clubes como o Fluminense estão na mão de empresários. Seja por um favor, por estar devendo e por aí vai.

Agradeço a Flu News por me dar essa oportunidade e aqui vocês podem ter certeza que não tem passada de pano. Vamos falar aquilo que o torcedor do Fluminense precisa saber.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *