Novo formato da Sul-americana obriga CBF a fazer mudanças na Copa do Brasil

Entidade máxima do futebol do Brasileiro já estuda as possibilidades e nos próximos dias uma decisão deve ser tomada.

Na última sexta-feira (02) a Conmebol anunciou o novo formato da Sul-americana 2021, onde a competição passará a ter fase de grupos.
Por conta disso, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) terá de realizar mudanças na Copa do Brasil do ano que vem, uma vez que há um conflito de dadas entre os dois torneios.

Pelas datas divulgadas pela confederação sul-americana, essa fase de grupos será disputada ininterruptamente nos meios de semana de 21 de abril a 26 de maio, em paralelo à mesma etapa da Libertadores. No calendário apresentado pela CBF em agosto, a terceira e quarta fases (quatro datas) da Copa do Brasil serão realizadas respectivamente nos meios de semana de 28 de abril e 5,12 e 19 de maio.

A princípio duas opções estão em análise:

1) Mudança de calendário, alterando as datas da Copa do Brasil para não coincidir com a Sul-Americana. Olhando o cronograma da CBF há alguma margem para isso, nem se for preciso jogar para a frente a final da competição, marcada para 27 de outubro.

2) Mudança no regulamento. Hoje, a CBF classifica diretamente para as oitavas de final 11 times: todos os que estiverem na Libertadores (normalmente sete, mas que vira oito se o brasileiro é o atual campeão da América), os vencedores da Copa do Nordeste e da Copa Verde do ano anterior e o atual detentor da taça da Série B.

Fonte: UOL
foto: divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *