Em jogo elétrico, Atlético-MG e Fluminense empatam em 1 a 1

O Fluminense foi até Minas Gerais para enfrentar o Atlético-MG na noite desta quarta-feira (14), no estádio do Mineirão.

Poupando a dupla Nenê e Fred, o Tricolor ainda perdeu o peruano Fernando Pacheco, que sentiu uma lesão muscular logo no início da partida, dando lugar a Caio Paulista.

Mesmo com a mudança o Fluminense conseguiu se impor, e mesmo jogando fora de casa apresentava uma maior volume de jogo que o Galo, até que Luiz Henrique fez uma jogada individual pela esquerda e achou Caio Paulista na entrada da área. O camisa 70 dominou de direta, contou com uma levantada da bola e acertou um chutaço, no ângulo, abrindo o placar.

Em vantagem na partida o Fluminense não recuou e continuou melhor que o Galo na partida, mas também não conseguiu criar uma chance clara de gol. Pelo menos, foi para o intervalo sem dar chances ao adversário.

Na volta do intervalo, o Tricolor foi quem teve a primeira melhor chance da segunda etapa, mas Luiz Henrique bateu para fora. Daí em diante o Atlético-MG entrou de vez no jogo e passou a trabalhar mais a bola no campo ofensivo, até que depois de cruzamento de Sasha, Jair fez um corta-luz e Arana bateu no canto empatando o jogo.

O galo continuou em cima e teve ao menos mais quatro chances claras de virar a partida, porém Muriel cresceu no jogo e impediu a virada da equipe mineira.

Final de jogo no Mineirão: Atlético-MG 1 x 1 Fluminense.

Foto em destaque: Lucas Merçon/Fluminense FC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *