fbpx

Destaque custo-benefício? Flu tem a menor folha salarial de 8 colocados no Brasileirão

Se êxito e dinheiro caminham lado a lado no futebol, no Flu não é assim que a banda toca: o time Tricolor, contrariando essa lógica, tem a menor folha salarial entre os 8 melhores colocados no Brasileirão.

O time do técnico Odair Hellmann tem se destacado na relação custo-benefício e fechou o primeiro turno no G-4 com 32 pontos, apenas três pontos atrás dos dois primeiros colocados, Inter e Flamengo.

Flu teve um gasto de R$ 37.242.561,00 com “salários, encargos e benefícios com funcionários” de janeiro a junho, o que dá um custo de R$ 6,2 milhões por mês de sua pasta do futebol profissional, de acordo com o balanço Tricolor.

Tendo em vista só a remuneração do elenco, com CLT, direitos de imagem e encargos, o portal de notícias Globo Esporte apurou que o custo mensal é de aproximadamente R$ 4,3 milhões, valor que seus concorrentes por título e G-4 gastam pelo menos o dobro.

Confira os valores dos líderes do Brasileirão:

Inter: Janeiro a Agosto: R$ 120.873.266,00.

Flamengo: R$ 229.163.000,00  até Setembro.

Atlético MG: R$ 277.000.000,00.

Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top